27.1.12

Das relações

Tenho uns colegas a divorciarem-se. Ambos dizem que ainda se amam muito mas que se distanciaram.
Juro que não percebo. Quem ama gosta e não se distancia, certo? Faz de tudo para ter um pouquinho de tempo para o respectivo... acho eu!

8 comentários:

A Minha Essência disse...

Oh menina, se tudo fosse assim tão linear, concerteza que não havia assim tantos divórcios, separações e afins. Acredita! Isto porque, só quem está no convento, é que efectivamente sabe e bem o que lá vai dentro. O resto, esse restinho das especulações dos demais, aqui, se perdem!

Kiss

Naná disse...

Realmente há argumentos e razões invocadas que nos escapam à compreensão...
Mas se eles entendem que é melhor o divórcio, talvez seja mesmo melhor do que viverem como cão e gato!

Só sedas disse...

Certo, isso é na teoria mas depois só estando por dentro é que se sabe bem o que se passa. Acho que o problema começa quando as duas pessoas não se sentam, não enfrentam abertamente a situação e não põe medidas para mudar as coisas... é bem mais fácil sair do barco silenciosamente.

meninaluaprimavera disse...

claro que só estando nessa situação é que se sabe mas eles tentam a toda a força "atirar areia para os olhos das pessoas". alguma coisa se passou óbvio mas escusam de ser cínicos ao ponto de dizer uqe ainda se amam.
para mim quem se ama não se separa, ponto.

Anónimo disse...

Ia comentar com o meu perfil, mas vou comentar como anónima, que assim é mais fácil perceberes, que mesmo amando a pessoa por vezes o cansaço leva a separação.

No meu caso, nós somos doidos um pelo outro, amamos-nos muito, mas as dívidas que ele tem nas finanças, e o não futuro que nós temos levou-me a terminar tudo. Mas sabes aquela coisa do destino, eu, supostamente não podia ter filhos, tínhamos terminado, e num mês eu cedi uma vez. Uma vez foi a suficiente para engravidar. Estamos juntos, as coisas estão mais ou menos encaminhadas mas... Não nos podemos casar, como queríamos, não podemos comprar casa juntos, não temos o mesmo sobrenome. E isso são coisas muito distantes, mesmo! Por isso, por vezes mesmo que se ame muito uma pessoa, temos consciência que uma determinada situação nos magoa e preferimos estar afastadas.

Hoje não me arrependo minimamente que as coisas tenham corrido assim. Não é o futuro que eu sonhava, mas estou com a pessoa que amo, com mais ou menos dificuldades temos conseguido gerir tudo. No fundo, tirando esses problemas, somos uma família imensamente feliz. Mas se custava menos que tudo tivesse terminado, talvez, mas não estava com a pessoa que amo, e com a família que sempre desejei :)

S* disse...

Para mim não faz sentido.

isa disse...

realmente.. acho que assim também não entendo :/ mas cada qual sabe o melhor para si..

Karina sem acento disse...

Concordo contigo. Não é fácil e é preciso gostar-se muito, mas se não se gostar muito, não é por estarem perto que há-de funcionar... ***